Cuide de você e saberá entender o outro

Por Carla Simone

Hoje, lendo algumas coisas, venho percebendo que o prejulgamento é um dos nossos grandes males.
Prejulgamos quem está feliz, quem está triste, quem dá conselho, quem não aceita o conselho, o carro do vizinho, a bicicleta….e, assim, vamos nos tornando cada vez mais inquisidores e menos aprendizes.
Já disse algumas vezes que sempre que estou aconselhando alguém é por conhecimento de causa. Pode não parecer, mas já chorei muito, já me vi perdida, sem saída, frustrada, revoltada, nervosa, agressiva! Na rua, para os outros, parecia que estava tudo bem. Eu não externava nada disso. Mas, em casa, com as minhas expectativas frustradas em relação aos meus filhos, eu era uma coisa horrível. Chorava, gritava, colocava de “castigo”. Eu era uma verdadeira torturadora mental dos meus anjos.
Então, quando falo, gravo vídeos, não duvidem: sim, eu já vivi!!
E transformar a vida pra melhor não é fácil. Porque é complicado sair da zona de conforto, mesmo que este lugar seja o caos, a dor, o desespero. Porque mudança dói!! Nos joga para o desconhecido.
Quando aprendi que sou educadora dos meus filhos e não CASTIGADORA, que meu objetivo como mãe é formar um cidadão de bem, empático, amoroso, responsável, eu parei com o discurso de horas com eles. Fui cuidar de ser aquilo que tanto falava pra eles. Sempre uso eu e meu marido como exemplo quando eles falam ou fazem algo me desaponta. Pergunto: vc me Imagina falando ou fazendo tal coisa? Jogo a bola pra eles.
Na escola, mesmo quando vivia desesperada, minha atitude era de ponderar, colher informações e levar, tb.
Vamos fazer aquilo que falo toda hora? Autoanálise!! Respiração! Oxigenação do cérebro!! Relaxamento para abrir a visão e olhar a situação como deve ser vista! Fácil? Não!! Mas, é devagar que se chega lá. E se não dermos os primeiros passos vamos continuar no mesmo muro de lamentações!
Então, Carpe Diem!!!!

Anúncios

OS OUTROS SÃO OS OUTROS

Por Daniel Carvalho

 

received_10213376156422963

Todo ano gosto de marcar a data de hoje: o dia internacional do Rock N’Roll. Talvez a música que mais me defina. Aquela que ajudou a moldar a minha estética de uma maneira geral. Pra mim é libertação, catarse, liberação, fluidez, espiritualidade, conexão (intra e extra). Rock é a raiva que você subverte em música. Geralmente posto um vídeo bacana de uma banda, ou uma imagem engraçada. Mas hoje não.

Hoje eu tenho outra coisa pra falar: é que este ano descobri a segunda marcação desta data. Hoje também é o Dia Mundial do TDA(H).

Continuar lendo